O AUTO-CONHECIMENTO
 
O principio da sabedoria baseia-se no conhecimento psicológico de nós mesmos
O PODER DO SEXO

Apreender a controlar essa energia maravilhosa do sexo significa fazer-se amo da criação...

LEI DO KARMA

A lei do Karma é aquela lei que ajusta, sábia e inteligentemente, o efeito a sua causa. Todo o bem ou mal que tenhamos feito numa vida virá trazer-nos consequências boas ou más para esta vida ou próximas existências.

QUALIDADE DE VIDA

A humanidade se encontra vivendo tempos difíceis. O homem se esqueceu de "si mesmo", comete erros e suas conseqüências são a dor e as enfermidades.

ESOTERISMO

São Paulo nos diz na Bíblia: “Possuis corpo carnal e corpo espiritual”. Dispomos de práticas para que você mesmo possa ver sair a sua Alma do corpo...

Transcendental Psicologia


.: Associação mecânica.


Os defeitos associam-se mecanicamente com imagens, sons, palavras, no tempo e no espaço, e isto há que tê-lo em conta.

Quando nos auto-observamos com a ideia-chave S.O.L., ali actua a luz da consciência que ilumina nosso subconsciente, permitindo-nos descobrir algum defeito. O mundo exterior (pessoas, objectos, sons, etc.), penetra em nós como impressões através dos nossos sentidos físicos, que normalmente estão controlados pelos nossos defeitos.

Essas impressões de ira, luxuria, codicia, ao não serem transformadas pela consciência, permitem que se formem novos defeitos ou se fortaleçam os já existentes.

Asociación Mecánica
 

Dai a necessidade de mantermo-nos em consciência com a ideia-chave S.O.L. e as perguntas “Que estou pensando, que estou sentindo?, Que estou fazendo?, Onde estou?”.
 

Suponhamos que um homem observa uma mulher. Essa é uma impressão que penetra através da vista e passa ao subconsciente, ali o defeito aproveita-se e extrai as lembranças de outra mulher com quem faz muitos anos não falava, levando-o a recordar essa parte , esse filme da sua vida, fazendo-o esquecer-se de si-mesmo, sonhando com algo que aconteceu a muito tempo.


Este eu traz-lhe por associação lembranças já esquecidas que lhe adormecem a consciência e fazem da sua vida “sonhos e ilusões”.


.: Concentração, relaxação e meditação.

Todos os dias ao deitar-se ou num outro momento que você escolha, deveria praticar a relaxação. Para tal deve concentrar-se em cada uma das partes do seu corpo e imaginar que se encontram totalmente relaxadas.



Numa posição cómoda, sem adormecer, você ordena: “músculos do meu pé direito, relaxem, relaxem!”. Visualize e imagine a total relaxação do seu pé direito. Seguidamente relaxe a perna direita, a coxa direita, o braço direito.


Depois a perna esquerda, a coxa esquerda e o braço esquerdo: o sistema urinário (rins, ureteres e bexiga), o sistema respiratório (nariz, traqueia e pulmões), o sistema digestivo (boca, esófago, estômago, intestino delgado e grosso, fígado, baço e pâncreas), a cabeça, seus órgãos, etc.

 



A seguir concentre-se, sem pensar, no som do grilo que ressoa no seu cérebro. Qualquer pensamento que lhe chegue durante a concentração, relaxação ou meditação, elimine-o e continue a pratica.

Agora, já totalmente relaxado, realize o retrospectivo de tudo o que fez durante o dia; isto é, retroceda a fita do seu filme a partir do momento em que se deitou até o momento em que se levantou nessa manhã, revivendo, um por um, todos os seus dramas, cenas e circunstancias.

Estude cada cena, se teve uma discussão durante o dia deve visualizar tudo o que aconteceu, ver os seus gestos, o que disse, o que fez, etc., como se estivesse vendo o seu próprio filme. 

Isto ira permitir-lhe conhecer os defeitos que participaram nesse drama, para posteriormente pedir a sua Mãe Divina a eliminação de cada um deles. Desta forma revisa e visualiza o filme diário da sua vida.

Ao eliminar os defeitos, aumenta a sua percentagem de consciência desperta. Realizar estas praticas em forma permanente dará inicio a uma grande transformação na sua vida. Deve ter muita força de vontade.

 O fundamento da meditação é não esquecer-nos de nós mesmos e realizar, a cada momento, a ideia-chave S.O.L., que é perguntar-nos “Que estou pensando, que estou sentindo? e observar que esta pensando e sentindo.


Ao descobrir um defeito faça esta petição: “Mãe Divina, elimine-me este defeito e este pensamento”. Deve ainda realizar a compreensão e a dissecação (conhecer as diversas partes do defeito).
 

.: A eliminação de defeitos.



Depois de ter revisto o filme do dia, com compreensão, dissecação e morte dos diversos actores ou defeitos que participaram nele, você deve aprofundar mais este trabalho psicológico da seguinte maneira:

Por ejemplo, al yo de la lujuria le pueden gustar mucho las lujeres de cabello largo.

Se há tido sempre a manifestação do Eu da luxuria que gosta de mulheres com cabelo comprido, olhos pretos, ou com calças curtas, etc., deve reviver o filme de toda a sua vida, a fim de conhecer todas as cenas e palcos de este defeito, isto é, todas as mulheres que lhe agradaram com cabelo comprido, com olhos pretos, etc., reviver cada cena com os seus detalhes e suplicar à Mãe Divina que lhe elimine cada defeito que vai estudando.

El Yo del alcohol en diferentes partes de la vida.



Se você era um alcoólico antes de querer mudar, deve reviver todas as cenas da sua vida relacionadas com o eu ou defeito do álcool, estudar cada detalhe e pedir a eliminação a sua Mãe Divina.



Podemos também rever toda a nossa vida com seus orgulhos, iras, temores, luxurias, etc. Desta forma libertasse progressivamente nossa alma do pecado e despertamos nossa consciência e com ela o poderoso sentido da intuição, isto é, a manifestação do nosso corpo e da nossa alma.



Podemos comparar o defeito com uma arvore, com as suas raízes, ramos e folhas.Devemos lembrar que um defeito é a soma de muitos eu´s.



Imagine uma arvore como um defeito de luxuria que gosta de mulheres com cabelo comprido. Se você conhece hoje uma mulher que tenha cabelos compridos, acrescenta uma folha à arvore, mas se na auto-observação o descobre e o elimina a arvore perde essa folha, mas continuaria existindo.


Para eliminar a arvore, deve estudar todos os detalhes que o levaram a identificar-se com cada uma dessas mulheres, compreende-los e elimina-los. Isto conseguesse através da meditação, meditando na morte do defeito, tal como o ensina o Mestre Samael Aun Weor: “A AGUA QUE CORRE TURBA É AGUA DE POUCA PROFUNDIDADE. PRECISÁMOS AGUA DE MUITA PROFUNDIDADE. OS POÇOS COM POUCA PROFUNDIDADE SECAM BAIXO DA LUZ DO SOL E SE CONVERTEM EM CHARCOS CHEIOS DE PODRIDÃO. NÓS PRECISAMOS SER MAIS PROFUNDOS”.


Precisamos portanto da meditação profunda na morte do eu ou defeito.

A pratica do retrospectivo e a meditação devem realizar-se diariamente, assim o avance espiritual e as mudanças na sua vida serão maiores e conhecerá a alegria de viver.


A medida que você vai libertando sua alma do pecado, seu Mestre Interno irá entregando-lhe no plano astral a verdadeira sabedoria, tendo acesso aos mistérios da vida e da morte, às grandes realidades do Universo e irá desenvolvendo em si mesmo o seu próprio saber. Esta sabedoria é um conhecimento que transcende todo conhecimento material.


 

.: A lua psicológica.


Assim como a lua tem duas faces, uma que se vê a vista desarmada e outra que não se vê, assim também nosso subconsciente, que é chamado a Lua Psicológica, tem duas faces. A primeira esta constituída pelos defeitos que conhecemos e sabemos que temos.

A medida que vamos eliminando os defeitos iremos aumentando a nossa percentagem de consciência desperta e nossa visão espiritual.

Com o aumento de luz na nossa consciência, graças à auto-observação, descobriremos defeitos que jamais pensamos ter e que pertencem à face oculta da nossa Lua Psicológica. 

Cristo entrega-nos uma ideia-chave psicológica com a fim de conhecermos essa face oculta da nossa lua, quando nos diz: “PORQUE VÊS TU O ARGUEIRO NO OLHO DE TEU IRMÃO, PORÉM NÃO REPARAS NA TRAVE QUE ESTA NO TEU PRÓPRIO?”, quer dizer que os demais seres humanos são um espelho para conhecer os nossos próprios defeitos.

Se penso que tal pessoa é orgulhosa, devo estudar-me psicologicamente, pois com o meu orgulho julgo o que considero orgulho nos demais. O que vemos nos outros o temos aumentado em nós. Não devemos esquecer esta ideia-chave de Cristo.

 

Você é o visitante número contador de visitas

...Muitos queremos mudar mas não sabemos como...

Bom, antes de mais quero felicitá-los por acender esta tocha no meio da obscuridade na qual nos encontramos deambulando.Não conhecia a Gnosis, mas sempre me têm chamado a atenção os assuntos referentes a esta ideologia que têm uma missão definida: encontrar um sentido à vida, e vivê-la com Amor, por isso fiquei interessado e tenho-me identificado com muitas das coisas que explanam na vossa página web... Muitos queremos mudar mas não sabemos como, o importante é buscar um caminho... que não reprima, senão que instrua...

... Um ladrão da pior laia...

Recordo-me uma vez, faz aproximadamente 15 anos no meu trabalho prático psicológico, de um “eu” ou defeito que eu via num vizinho, e com o qual eu o julgava. Resulta que aquele vizinho ficava com as coisas que os vendedores lhe ofereciam quando lhe batiam à porta, prometia pagar-lhes depois e nunca o fazia. Havia um vendedor muito pobre que vendia num cântaro leite puro de vaca. Eu lhe comprava a leite e lhe pagava a pronto. O vizinho comprou-lhe leite e lhe pagou as três primeiras vezes. Logo começou a não lhe pagar e foi acumulando a divida até chegar a certa quantia.

Estou pagando as consequências do DIU...

Olá! O meu nome é Gloria. Usei o DIU durante 5 anos, pois uma tia do meu marido me convenceu para que o pusera.Aos dois meses de tê-lo, comecei a sentir dores de cabeça, cansaço físico, inflamação permanente na matriz, menstruava 2 vezes por mês com hemorragias de 10 a 12 dias.

...Fogo! o meu pai é um mal-agradecido...

Um dia o meu pai me pediu de que lhe levasse por favor um copo com água à mesa. Ele estava corrigindo uns exames na sala de jantar lá de casa. Preparei-me para buscar a água ao frigorífico mas de repente apareceu a figura impaciente do meu pai que pegava no copo e me dizia de que sacasse o jarro da água. Não sei o que aconteceu nem o que estaria a passar-se na minha mente nesses instantes mas enchi-lhe o copo ao meu pai, deixando que a água transbordasse. Então reagiu negativamente, muito alterado. Lembro-me que me disse: “Não prestas para nada, vou morrer e não tens aprendido nada...”.

...Caiu morto ao meu lado...

Uma vez viajava num autocarro Inter-cidades, a viagem era de aproximadamente 7 horas. Saímos às 3 da tarde. Perto das 7 horas da noite chegamos a uma estação de camionagem. Depois da revisão e na altura de iniciar a viagem subiram 3 sujeitos ao autocarro. Ao vê-los entrar me perguntei a mim mesmo por que razão deixam entrar essas pessoas? O motorista apagou as luzes e seguiu caminho. Aos dois minutos ouviu-se um tiro e uma voz que dizia: “Isto é um assalto!”. Um passageiro amigo do condutor, que estava em pé ao meu lado, ao ressoar o disparo se mexeu e o mataram a queima-roupa.

...Muitos queremos mudar mas não sabemos como...

Bom, antes de mais quero felicitá-los por acender esta tocha no meio da obscuridade na qual nos encontramos deambulando.Não conhecia a Gnosis, mas sempre me têm chamado a atenção os assuntos referentes a esta ideologia que têm uma missão definida: encontrar um sentido à vida, e vivê-la com Amor, por isso fiquei interessado e tenho-me identificado com muitas das coisas que explanam na vossa página web... Muitos queremos mudar mas não sabemos como, o importante é buscar um caminho... que não reprima, senão que instrua...

... Um muito obrigado pela ajuda que me têm dado...

Os saúda o estudante gnóstico Manuel para informar-lhes do meu progresso nos meus exercícios psicológicos.Em primeiro lugar estou muito agradecido por tantas mudanças que têm havido em mim, e é incrível o que está acontecendo comigo! somente com a pergunta “Que estou pensando?”. Faz algum tempo lhes comentei sobre o meu trabalho com um ódio tão acentuado que graças ao árduo trabalho de instante em instante consegui acabar com ele. Agora lhes comento que me propus combater outros dois defeitos mais, que são: luxúria e orgulho.

... Um ladrão da pior laia...

Recordo-me uma vez, faz aproximadamente 15 anos no meu trabalho prático psicológico, de um “eu” ou defeito que eu via num vizinho, e com o qual eu o julgava. Resulta que aquele vizinho ficava com as coisas que os vendedores lhe ofereciam quando lhe batiam à porta, prometia pagar-lhes depois e nunca o fazia. Havia um vendedor muito pobre que vendia num cântaro leite puro de vaca. Eu lhe comprava a leite e lhe pagava a pronto. O vizinho comprou-lhe leite e lhe pagou as três primeiras vezes. Logo começou a não lhe pagar e foi acumulando a divida até chegar a certa quantia.

...Fogo! o meu pai é um mal-agradecido...

Um dia o meu pai me pediu de que lhe levasse por favor um copo com água à mesa. Ele estava corrigindo uns exames na sala de jantar lá de casa. Preparei-me para buscar a água ao frigorífico mas de repente apareceu a figura impaciente do meu pai que pegava no copo e me dizia de que sacasse o jarro da água. Não sei o que aconteceu nem o que estaria a passar-se na minha mente nesses instantes mas enchi-lhe o copo ao meu pai, deixando que a água transbordasse. Então reagiu negativamente, muito alterado. Lembro-me que me disse: “Não prestas para nada, vou morrer e não tens aprendido nada...”.

Estou pagando as consequências do DIU...

Olá! O meu nome é Gloria. Usei o DIU durante 5 anos, pois uma tia do meu marido me convenceu para que o pusera.Aos dois meses de tê-lo, comecei a sentir dores de cabeça, cansaço físico, inflamação permanente na matriz, menstruava 2 vezes por mês com hemorragias de 10 a 12 dias.

Indique a um amigo