O AUTO-CONHECIMENTO
 
O principio da sabedoria baseia-se no conhecimento psicológico de nós mesmos
O PODER DO SEXO

Apreender a controlar essa energia maravilhosa do sexo significa fazer-se amo da criação...

LEI DO KARMA

A lei do Karma é aquela lei que ajusta, sábia e inteligentemente, o efeito a sua causa. Todo o bem ou mal que tenhamos feito numa vida virá trazer-nos consequências boas ou más para esta vida ou próximas existências.

QUALIDADE DE VIDA

A humanidade se encontra vivendo tempos difíceis. O homem se esqueceu de "si mesmo", comete erros e suas conseqüências são a dor e as enfermidades.

ESOTERISMO

São Paulo nos diz na Bíblia: “Possuis corpo carnal e corpo espiritual”. Dispomos de práticas para que você mesmo possa ver sair a sua Alma do corpo...

A Masturbação
conseqüências masturbação

.: Quais são as consequências da masturbação?
Pareja de enamorados.

Como função afectiva-espiritual, Freud afirma que o sexo é o produto da união de um homem e uma mulher que se amam e se complementam.


Em virtude disto, Freud chama à masturbação: O VÍCIO SOLITÁRIO (já que a outra pessoa não existe senão na imaginação). O masturbador se imagina a uma mulher, se é homem, e vice-versa se é mulher e se masturba em nome dela.


O esgotamento se multiplica, porque é sexual e cerebral. Essa imagem da mulher queda impregnada no subconsciente e se revive no processo inconsciente do sono, originando as famosas POLUÇÕES NOCTURNAS, ou seja quanto mais se masturbe o jovem, mais sofrerá de poluções.


A masturbação como vício solitário, estimula a FANTASIA ERÓTICA que origina com o tempo rechaço à mulher (ou vice-versa), esgotamento cerebral e impotência sexual.


SAMAEL AUN WEOR afirma no capítulo "Sexualidade Normal" do seu livro MATRIMONIO PERFEITO: “A FANTASIA SEXUAL (ou erótica) produz impotência do tipo psico-sexual. Essa classe de doentes tem ereções normais, são homens aparentemente normais, mas no instante em que vão realizar a conexão do membro e a vulva, a ereção cede perdendo rigidez o falo, ficando no mais horrível estado de desesperação. Eles têm vivido uma fantasia sexual que nada tem a ver com a realidade, então ficam confusos e não são capazes de responder à realidade como é devido".

 

A impotência psico-sexual é a tragédia mais espantosa que pode afligir aos homens e às mulheres fanáticas ou as pessoas do tipo puramente racional.

 


Quando o jovem se masturba não lhe importa o tempo e perde a energia sexual muito rapidamente. Isto vai originando a um nível psicológico a EJACULAÇÃO PRECOCE. Ademais a masturbação produz dilatação dos esfíncteres aumentando ainda mais a EJACULAÇÃO PRECOCE.


A Melatonina é a hormônio da eterna juventude, diretora e governadora absoluta do processo de envelhecimento. É produzida abundantemente na juventude e decresce a partir dos 25 anos. O jovem masturbador esgota a melatonina atrofiando a glândula pineal, diminuindo seu campo magnético e levando-o por um processo rápido de envelhecimento.


"A fornicação não é somente física, existe também fornicação nos mundos mental e astral. Aqueles que se ocupam em conversações do tipo luxurioso, aqueles que lêem revistas pornográficas, aqueles que assistem nas salas de cinema onde exibem películas eróticas. Essas pobres pessoas utilizam o material mais fino e delicado do sexo, gastando-o miseravelmente na satisfação das suas brutais paixões mentais. O ser humano deve aprender a viver sexualmente".


A temperatura exterior do corpo humano é de 37°C , mas a interior é de 38°C , ao masturbar-se aumenta.

Quando o jovem termina de masturbar-se, se produz um movimento peristáltico de absorção e por efeito do vazio, a vesícula seminal trata de encher-se e poderia fazê-lo com espermatozóides dos testículos, mas não acontece assim porque estes acabam por ser expulsos; ademais, é mais fácil sorver ar do que líquido e através do pene se absorve ar úmido que passa, à vesícula seminal, ao sistema linfático, chegando ao cérebro produzindo um choque térmico e espaços frios entre os neurônios e as células cerebrais que vão afetando a normalidade cerebral, física e nervosa.


Em relação a este ar frio que absorve o masturbador, SAMAEL AUM WEOR , filósofo, antropólogo, esóterista, sexólogo e psicólogo contemporâneo, no capítulo "sexologia" do seu livro DIDÁCTICA DO AUTOCONHECIMENTO, afirma: "Enquanto aos masturbadores, bem sabem vocês o que é o vício da masturbação. Quando alguém se masturba, está cometendo um crime contra natura. Depois de já ter ejaculado a Entidade do Sêmen, dá-se certo movimento peristáltico no falo, isto o sabe qualquer homem. Durante a masturbação, a única coisa que recolhe o falo com o movimento peristáltico é ar frio que vai ao cérebro, esgotando assim muitas faculdades cerebrais. Inumeráveis sujeitos hão ido parar ao manicômio pelo abominável vício da masturbação. Um cérebro cheio de ar é um cérebro estúpido em uns cem por cento. Assim que condenamos esse vício em uns cem por cento".



.: Consequências durante a adolescência

O espermatozóide contém ADN (ácido desoxirribonucléico), portador da chave genética da herança e determina o aspecto sexual; ARN (ácido ribonucléico), enzimas, proteínas, glicosídeos, lecitina, cálcio, fósforo, sais biológicos, prostaglandinas, aminoácidos, etc. ao masturbar-se, o jovem extrai estes componentes do organismo o que não lhe permite um normal desenvolvimento, porque essa mesma energia é a que o vai ajudar a desenvolver-se.

La masturbación agota el calcio en el organismo.


Quando o masturbador esgota o cálcio do organismo ocasiona dores nos ossos e cansaço nas pernas. Os ossos fortes indicam virilidade, bem sabemos que na medula óssea se formam os glóbulos vermelhos, plaquetas, etc. o jovem não permite uma boa formação da sua medula óssea e isso lhe traz conseqüências para toda a vida. Ao escassear o fósforo pela masturbação geram-se problemas nervosos e tremores. O masturbador esgota notavelmente a lecitina e isto origina a neurastenia que consiste numa atonia geral dos nervos.


O Doutor Spitake, notável anatomista americano, especializado em psiquiatria tendo sido presidente da Sociedade Neurológica de Nova York, no livro Energia Criadora, atribui vários tipos de loucura ao abuso sexual e à masturbação, já que o cérebro está composto majoritariamente de Lecitina, ao perdê-la na descarga seminal, o organismo tem que acudir aos tecidos e aos nervos do cérebro.

La masturbación produce eyaculación precoz
 

Quando o jovem se masturba não lhe importa o tempo e perde a energia sexual muito rapidamente. Isto vai originando a um nível psicológico a EJACULAÇÃO PRECOCE. Ademais a masturbação produz dilatação dos esfíncteres aumentados ainda mais a EJACULAÇÃO PRECOCE.


Em cada ejaculação o varão perde de 300 a 400 milhões de espermatozóides com a sua grande capacidade de energia. Que coisas não lograria o ser humano se conhecesse o mistério da PEDRA FILOSOFAL e aprendera a libertar a energia do esperma dentro do seu próprio organismo? O resultado não seria outro senão o SUPER-HOMEM.

Próstata inflamada.


A próstata é uma glândula situada exatamente no extremo da bexiga, segrega um líquido branqueado e viscoso que serve de veículo aos espermatozóides. Esta glândula normalmente completa seu desenvolvimento aos 21 anos. O jovem quando se masturba antes de completar seu desenvolvimento (21 anos), atrofia a próstata originando depois dos 40 anos a prostatite, que é o aumento de tamanho desta glândula o que lhe impede urinar, obrigando-se a utilizar a sonda para poder fazê-lo. Posteriormente tem-no que operar e extirpar-lhe esta glândula. Esta operação ao igual que a vasectomia gera a IMPOTÊNCIA SEXUAL.

Los hijos de un masturbador se enferman fácilmente.


Os filhos de um masturbador não são de boa qualidade, têm muitos problemas porque são o produto de uma semente muito desgastada.


A Melatonina é a hormônio da eterna juventude, diretora e governadora absoluta do processo de envelhecimento. É produzida abundantemente na juventude e decresce a partir dos 25 anos. O jovem masturbador esgota a melatonina atrofiando a glândula pineal, diminuindo seu campo magnético e levando-o por um processo rápido de envelhecimento.


A masturbação também se da nas mulheres e isto é algo doloroso e cruel.


Dentro do paralelo do sexo feminino, as conseqüências são similares: afeta o desenvolvimento do cérebro, nervos, frialdade sexual, esgotamento físico, perda da memória, da vitalidade e do magnetismo. As maiores conseqüências as sofrem é na parte sexual e no comportamento psico-social, já que vão diminuindo as possibilidades sexuais e progressivamente leva a uma recusa do varão. A jovem que não se masturba, conserva sua vitalidade, beleza, brilho nos olhos, poderoso campo magnético, bom timbre de voz, etc. Deve evitar a pornografia, conversas vulgares e deve selecionar saudavelmente suas amizades.


A masturbação gera IMPOTÊNCIA SEXUAL e envelhecimento prematuro. É conhecido o caso de muitos varões impotentes antes dos 40 anos.

No seu livro EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL, no capítulo "A adolescência", Samael Aun Weor afirma: "Há silêncios delituosos e existem palavras infames. Calar sobre o problema sexual é um delito. Falar erradamente sobre o problema sexual constitui também outro delito".


"O vício da Masturbação arruína totalmente a potência cerebral. É necessário saber que existe uma íntima relação entre o sêmen e o cérebro. É necessário cerebrizar o sêmen. É necessário seminizar o cérebro. O cérebro se seminiza transmutando a energia sexual, sublimando-a, transformando-a em potência cerebral. Desta maneira fica o sêmen cerebrizado e o cérebro seminizado".


"A Ciência Gnóstica estuda a fundo a endocrinologia e ensina métodos e sistemas para transmutar as energias sexuais. Quantos rostos podendo ser belos ficam murchos! Quantos cérebros se degeneram! Tudo por falta de um grito de alerta no momento oportuno".


"O vício da Masturbação, tanto em jovens como em donzelas têm-se tornado mais comum que o lavar-se as mãos. Os manicômios estão cheios de homens e mulheres que arruinaram seu cérebro no arquejante vício da masturbação. O destino dos masturbadores é o manicômio".


.: COMO FAÇO PARA NÃO ME MASTURBAR MAIS? 

 

Antes de tudo te comentamos que no centro Anael tem chegado muitos jovens que se masturbavam e todos venceram. Por que não tu? Deves aprender a eliminar esse EU da masturbação com as idéias-chave que entregamos no Despertar da consciência. Não as chegaste a ler? pois termina de ler estes artigos e corre a fazê-lo...


 

Aprende estas idéias-chave e utiliza-as cada vez que O EU queira manifestar-se. No início pode resultar um pouco difícil, mas, verás que logo te será muito fácil controlá-lo e eliminar o vício. Quando alguém que se masturba seguidamente deixa de fazê-lo, começa a sentir uma força física, anímica e mental que lhe serve para enfrentar a vida sem temores e eliminar por completo este vício.


Aos interessados em conhecer o exercício de Transmutação de solteiros (para evitar as poluções noturnas), convidamos a praticar o Pranayama Egípcio.


Recomendações:
 

  • Manter uma mente sã: Evita a pornografia, as piadas com duplo sentido, as amizades vulgares, os jogos de mão luxuriosos, etc.

  • Não usar roupa interior apertada.

  • Não comer em excesso carne vermelha, etc.

  • Estuda as páginas do sexo que temos publicado: Compreender tudo o relacionado é muito importante...

  • Inscrever-se no curso gratuito, o qual entrega as chaves psicológicas, que levadas à prática, permitem a qualquer pessoa conhecer e eliminar, desde um aspecto psíquico e físico o defeito da masturbação e desta forma ajudamos a muitos discípulos.

Você é o visitante Contadores

CursosContadores de visitas gratis para web

Quando atingi os 18 anos dei conta que algo corria mal na parte mental e física...

Olá ! tenho algumas perguntas relacionadas com a energia sexual e a masturbação.Para falar-lhes um pouco sobre mi, lhes digo que eu me tenho vindo a masturbar desde que tinha algo assim como 3 anos. Não sabia que o que estava a fazer se chamava masturbação, até que cumpri os10 anos. Quando cheguei aos 18 anos dei-me conta que algo corria mal na parte mental e física, mas não tinha a certeza do que era. Cada vez me tornava mais retraído socialmente, e inclusive tive uns quantos ataques de pânico.

...Seus artigos são bem vindos...

Muito bom, sigam assim. Dizem boas coisas nesses artigos, as pessoas tem que saber e entender a forma correta de viver. Hoje em dia as pessoas são degradantes e só querem sexo a toda hora e em todas as partes. Se as pessoas puderem saber o que faz a masturbação, a castração e as pílulas, não continuariam criando o louco mundo que temos. Sigam; os exorto a escrever outros artigos como esse.

Este maldito vício ha destroçado a minha vida, a minha auto-estima é muito baixa, nunca tive uma mulher já que tenho muita insegurança em mi mesmo...

Olá!... Muito obrigado por esta pagina, é justo o que eu precisava: uma ajuda. O meu caso é muito parecido ao das pessoas que sofrem o maldito problema da masturbação. Comento-lhes de que sempre fui uma pessoa só, um pouco afastada dos grupos sociais. Os meus pais nunca viveram juntos e eu vivi com a minha mãe somente até aos 10 anos, depois tenho vivido separado com a ajuda da minha avô e agora trabalho e vivo independentemente. Tudo começou quando tinha 17 anos, um conhecido mostrou-me um vídeo....

Parece-me estranho...

Bom, antes de mais tenho somente uma duvida, tenho uma amiga que agora tem 18 anos, mas ela diz que começou a masturbar-se aos 7 anos e parece-me estranho, mas gostaria de saber sê se pode a essa idade e porque a tão tenra idade começou a masturbar-se?. Essa é a minha grande duvida, espero que me possam ajudar enviando um email ao meu correio com a resposta. De antemão obrigado pela atenção dispensada.Alberto, México.Resposta: Sim é possível, as vezes o vício é forte de vidas passadas.  

...não quero viver minha vida assim...

Sou uma jovem de 21 anos, e desde pequena sempre me masturbei, o problema esta que quando faço amor com meu companheiro não sinto, ainda que seja um poquinho de prazer, como posso explicar? Isso depende da masturbação? Peço por favor que me ajudem, não quero viver minha vida assim.

... tenho 21 anos, aparento ter 35...

Costumava ver-me muito jovem antes da masturbação. E agora, ainda que tenha somente 21 anos, aparento ter 35. As pessoas me olham e zombam de mi (me dizem que eu me masturbo, o que é absolutamente verdade). Assim que quero parar e não começar novamente. Tento mas simplesmente não consigo evitá-lo. É como se fosse algo sem o qual não conseguiria viver. Quero libertar-me de este vício. Minha pergunta é: há alguma coisa que eu possa fazer antes que tudo para parar realmente? Depois me pergunto, que devo fazer para recuperar-me?, dá-me vergonha caminhar na rua. Assim que por favor!

...estou exposto a uma grande degradação física e mental...

É possível recuperar as consequências da masturbação? Eu tenho 18 anos e me masturbo frequentemente desde os 14, até pouco tempo achava esse ato apenas "errado", do ponto de vista moral. Mas começei a ler a respeito e vi que não era só isso, percebi que estou exposto a uma grande degradação física e mental, estou numa intensa luta para parar com essa maldita doença. E uma coisa que eu sempre tive orgulho de mim foi da minha inteligência, mas agora estou reparando que ela ja não é mais a mesma, pode ser exagero, mas tem algo diferente.

...não quero viver minha vida assim...

Sou uma jovem de 21 anos, e desde pequena sempre me masturbei, o problema esta que quando faço amor com meu companheiro não sinto, ainda que seja um poquinho de prazer, como posso explicar? Isso depende da masturbação? Peço por favor que me ajudem, não quero viver minha vida assim.

... O que acontece com a mulher?...

Li sobre o tema da masturbação e nunca tinha lido algo tão interessante e real sobre o tema, obrigado por serem pessoas tão sinceras, e ajudar-nos na nossa ignorância. Apesar, no tema falasse mais do problema dos homens, mas o que acontece com a mulher? Eu por exemplo me masturbo desde os 10 anos aproximadamente, e não sei como comecei a fazê-lo nem porque razão. Até aos 18 anos fui compulsiva, depois graças a Deus pude dominai-lo.

Olá!, por surpresa encontrei esta pagina e parece-me muito interessante, especialmente o tema da masturbação.

Quero contar-lhes o meu caso e espero receber resposta: tenho 20 anos e masturbo-me desde os 14 anos, claro que sou uma rapariga. O caso é que não ha muito, iniciei a minha vida sexual com companheiro, mas o preocupante na minha situação é que sou totalmente fria sexualmente, quer dizer, sinto o apetite sexual, mas na hora do sexo não sinto nada e isso tem-me deixado muito mal, por mi e pelo meu companheiro que se preocupa com o que acontece, por favor dignam-me o que faço, que tratamento devo seguir para sentir desejo como uma mulher normal. Obrigado pela vossa atenção.

Indique a um amigo